Naturer.Nurture.Future - Pavilhão de Singapura na Expo Dubai 2020

16 de Novembro de 2021

por Domus Urbanismo

em Arquitetura

 

Um dos pavilhões que nos chamou a atenção foi o Pavilhão de Singapura que ilustra a aspiração da cidade por um futuro sustentável que mescla arquitetura, natureza, tecnologia e cultura. Sob o título "Nature.Nurture.Future", o pavilhão projetado pelos arquitetos WOHA e o escritório de design de paisagismo Salad Dressing apresenta uma amostra do ambiente urbano de Singapura que resume sua visão de Cidade na Natureza. O espaço verde em várias camadas cria um ecossistema autossuficiente, destacando ideias de sustentabilidade e resiliência por meio do casamento de tecnologia e natureza.

 

Esta contribuição para a Expo Dubai fala do foco de Singapura em nutrir um futuro sustentável, mostrando as possibilidades de integração da natureza em ambientes urbanos. Apresentando mais de 170 variedades de plantas de diversos habitats em Singapura e situadas em diferentes camadas de vegetação, de jardins suspensos a paredes verticais, o pavilhão cria um espaço verde tridimensional, levando os visitantes por florestas tropicais, áreas de manguezais e riachos florestais. A água potável produzida por meio do processo de dessalinização solar no local é usada para irrigação por gotejamento, minimizando o consumo de água.

Para se transportar para a vegetação, o pavilhão utiliza três protótipos de robôs escaladores que percorrem as paredes verdes, fiscalizam a saúde das plantas e coletam dados ambientais. Desenvolvidos pela start-up Oceania Robotics de Singapura, os robôs representam uma possível solução para a manutenção de jardins verticais e ascendentes, muito comuns na arquitetura contemporânea de ingapura.

O pavilhão apresentará várias experiências multimídia retratando os desafios ambientais e a abordagem de Singapura para enfrentá-los. A programação de eventos traz palestras explorando o futuro das cidades, mostras digitais, além de exibições de filmes e shows de luzes. Uma seleção selecionada de atividades estará disponível online, permitindo que as pessoas que não podem viajar para a Expo vivenciem o projeto virtualmente.